sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Caminhada

Ontem, bem cedo, retomei as minhas caminhadas.  Estava uma temperatura agradável, às 6 h da manhã, bem diferente da que se fazia sentir hoje.
O itenerário do percurso, foi alterado à última hora, porque era quinta feira, dia de caça à rola e...caminhar por caminhos rurais pode ser muito perigoso.  o percurso aldeia
/ placas é o mais seguro .

domingo, 21 de agosto de 2011

Serra de Sanábria

Lago de Sanábria

Peixes do lago

Lago e serra de Sanábria

Lago de Sanábria

As águas do lago

A  transparência é tal que é possível ver os peixes no fundo do lago

Lago de Sanábria

Rio de Onor (aldeia portuguesa)

Este é o rio de Onor que divide a aldeia portuguesa da aldeia espanhola.

Rio de Onor (aldeia espanhola)

Rio de Onor

Tremoços

Malhando tremoços

Malhando tremoços

domingo, 14 de agosto de 2011

Passeio pelo tempo.

Soube que alguém continuava na posse destas relíquias do passado e pedi autorização para fotografar. Não, não vou revelar o nome do proprietário , nem o local .
Estão numa velha casa, onde o tempo acumulou muita poeira e eles se encontram amontoados, à espera que F. ,  um dia concretize o seu sonho e crie um pequeno museu rural.

CAIXA EM MADEIRA DA MARMELADA

Há muito tempo que nao via  uma velha caixa de madeira onde era vendida a marmelada nos "sotos "da aldeia.

Arquinha do pão

ferraduras

Ferraduras com que antes se protegiam os cascos dos cavalos e burros.
 Peias.
 O objecto de madeira era usado pelas mulheres, que de joelhos esfregavam a tábua corrida do soalho de casa. 

Antigo lavatório

Rodeleiro para fazer as canelas para o tear

Saleiro

POR FAVOR, APAGUEM AS LUZES!

Que saudades , daquele tempo em que do meu terraço podia contemplar a chuva de estrelas, que todos os anos acontece no final da primeira quinzena do mês de Agosto! O progresso apaga, impede que possamos ver este espectáculo.  Pensei que com a crise que o país atravessa, fossem diminuir o número de lâmpadas que iluminam a via pública, mas....aumentaram-nas! Lá se foram as perseiades ! A luz impede que possamos contemplar este espectáculo ímpar.